Qual a Importância dos Relacionamentos em Sua Vida?

Você já parou para pensar no quão importante os relacionamentos são para nossa vida e para a sociedade? O próprio conceito da palavra sociedade, remete a palavra do latim societas, que significa “associação amistosa com outros” e nos dá a interpretação de que nosso mundo, estamos organizados em grupos com outros indivíduos que fazem parte de um mesmo contexto.

Imagine as situações diárias que enfrenta no trabalho, seja ele qual for. Quantas vezes precisa se relacionar com as pessoas para realizar bem o seu trabalho? Pois bem, como estamos organizados em uma sociedade, dependemos dos relacionamentos para tudo o que fazemos, desde quando acordamos até o momento que vamos dormir (e até dormimos com outra pessoa).

Seja no trabalho, na vida amorosa, em nossa família ou no nosso círculo de amigos, precisamos das outras pessoas para sobreviver em sociedade e muito do que construímos durante nossa vida é por conta das relações que construímos. Você já deve ter ouvido, por exemplo, grandes consultores, palestrantes ou profissionais falarem da importância de um bom networking para o sucesso profissional. É por isso que muitas vezes aqueles que constroem bons relacionamentos atingem mais rápido o sucesso profissional (e os mais experientes vão compreendendo cada vez melhor o que isso significa).

Desta forma, saber como construir laços com as pessoas se torna parte do sucesso tanto pessoal quanto profissional. Certo?

Uma tarefa que não é tão simples como parece, afinal cada indivíduo funciona de maneiras diferentes e compreender o ser humano como ele funciona é parte essencial da tarefa de relacionar-se bem (e você vai encontrar gente de todos os perfis na sua carreira). Um ser humano é um conjunto de construções, crenças e emoções que cria sua individualidade, por isso não dá para tratar todos da mesma forma.

Quantas vezes falamos algo para a outra pessoa, mas por uma interpretação errada tudo aquilo tem outro significado? Quantas vezes você tentou vender para um cliente e ele comprou do seu concorrente um produto inferior e ainda pagou mais caro? Quantas vezes você entrou em conflito com seu esposo ou esposa porque não compreendeu o que disse?

 

Cada indivíduo é uma obra única

A partir das nossas vivências, desde quando somos crianças, tudo o que estimula nossos sentidos é capaz de construir significados que são armazenados em nossa mente e a complexidade entre a combinação de conceitos e interpretações moldam a forma como seremos no futuro.

Isso faz com que duas pessoas, mesmo decorando o mesmo dicionário, interpretem uma mesma frase de forma diferente. Essa construção de significados acontece diariamente na nossa vida, durante uma reunião, na conversa com o nosso chefe, no papo com a esposa no final do dia, nos relacionamentos com os amigos e em tudo que está em nossa volta.

 

O que você fala não é o que o outro entende

Outro aspecto importante no relacionamento entre as pessoas é o modelo de comunicação que se encaixa na linguagem de cada um. A forma como cada indivíduo recebe as informações do mundo também é diferente e o que é eficiente para um, não necessariamente está claro para outro. E é fundamental que possamos compreender isso para transmitir as informações de maneira clara e com sucesso.

Na comunicação neurolinguística, tratamos essas características enquadrando as pessoas em um sistema representacional que possui três perfis: visual, auditivo ou cinestésico. Compreender como cada pessoa funciona dentro das características de cada um é fundamental para transmitir a informação da forma correta.

Quando não conhecemos essa técnica, podemos estar tentando transmitir as informações em uma conversa, uma apresentação de um produto ou em uma negociação da forma errada. Isso pode prejudicar a comunicação e ocorrerem perdas nas informações.

Por exemplo, pessoas que se expressam com frases como “não consegui visualizar o que você falou” ou “eu acho que consegui enxergar o que disse” normalmente são consideradas pessoas mais visuais, porque precisam de referenciais ilustrados para receber bem uma informação. Assim, você vai conseguir se expressar melhor com exemplos, a fazendo compreender por meio da descrição visual de fatos.

Imagine a situação que falamos acima, você apresenta um produto que é muito melhor do que o do concorrente, com uma proposta irrecusável que tem certeza que vai fechar o negócio. Porém, mesmo afirmando que entendeu a oferta, o cliente fecha com outro. Você pode não ter transmitido a informação dentro do perfil correto e com isso não conseguiu encantar o comprador.

 

O que fazer?

Se enquanto lia esse texto, sua mente trouxe aos seus pensamentos exemplos de situações em que os relacionamentos foram prejudicados (sejam profissionais ou pessoais) por conta de falhas de comunicação, é necessário treinar a nossa mente para comunicar-se melhor. Afinal, a fala é o nosso maior dom que utilizamos para nos relacionar com as pessoas.

Precisamos dedicar uma atenção especial para os relacionamentos, pois este é peça chave no nosso sucesso profissional. Sem as outras pessoas, nada somos.

Se sua profissão for vendas, relacionar-se com as pessoas está inerente ao trabalho, mas mesmo um empresário que não lida diretamente com a área ou uma mãe que cuida dos filhos diariamente, sem perceber, pode encontrar em seu dia-a-dia momentos em que sua comunicação é exigida mais do que o normal.